.arquivos

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.subscrever feeds

Quarta-feira, 11 de Março de 2009

Isto há cada uma...

Há coisas que me ultrapassam. Eu até me vejo como uma pessoa minimamente inteligente, mas há sempre alguém que, volta e meia, me deixa na dúvida.

Aula das 11.00h. Alguns dos estômagos já faziam birra. Algumas bocas abriam-se do sono. Algumas canetas caiam das mãos dos que estavam quase a adormecer. Outros, como eu, faziam sarrabiscos na margem do caderno, tentando fazer um desenho em condições. Um tédio. Mas chega o momento de acordar:
- Alguém sabe o que é "toooo"? - Pergunta a Professora.
As nossas caras de sono contraiam-se e as testas franziam na tentativa de descobrir o que seria aquela palavra. Na minha cabeça existiam duas hipóteses: a) o "to" que vem antes de um verbo em inglês no infinitivo; b) o "too" de "me too". Como nenhuma destas hipóteses fazia sentido, optei por fazer como os outros e adoptar uma expressão facial de "não, não faço ideia, Srª Professora inteligente".
- "toooo" é dedinho do pé! - Diz a Professora com um sorriso de orelha a orelha e abanando o seu pézinho.

Ai, como é bom chegar à faculdade e ter aulas, supostamente com gente inteligente e habituada a ir a congressos onde se fala inglês, e ouvir que "toooo" é afinal "toe" que por sua vez significa "dedinho do pé".
Escusado será dizer que a minha dúvida sobre a minha inteligência se desfez imediatamente com aquela sacudidela do pézinho.
publicado por Ana Silva às 16:19
link do post | comentar | favorito
|

.links

.Facebook